PIB da construção avançou 2,7% no segundo trimestre
6 set

PIB da construção avançou 2,7% no segundo trimestre

Esta foi a segunda alta consecutiva, já que no primeiro semestre a construção havia aumentado em 2,1% o seu PIB

  • By: adm
  • Notícia
  • Comentários desativados em PIB da construção avançou 2,7% no segundo trimestre

Apesar do resultado ruim do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil no segundo trimestre do ano — recuo de 0,1% se comparado com os três meses anteriores —, a construção civil foi um dos setores da economia que registrou crescimento do indicador durante o mesmo período. De acordo com dados divulgados ontem (1º) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o avanço foi de 2,7%. Essa é a segunda alta consecutiva, já que no primeiro semestre a construção havia elevado em 2,1% o seu PIB.

Os números apontam para a retomada das atividades de maneira consistente, porém o desempenho do setor é motivo de preocupações para Eduardo Zaidan, vice-presidente de Economia do Sindicato da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP).

Ele destaca que os preços dos insumos permanecem em alta e com impactos expressivos nos custos das obras, o que desequilibra os orçamentos. “A resistência da inflação e a incerteza na capacidade do governo de controlar o déficit público inibem novos investimentos. E a intranquilidade institucional das últimas semanas não contribui para uma recuperação sustentável da atividade econômica”, analisa. Segundo Zaidan, o cenário atual acaba adiando decisões de investimentos que resultariam em obras novas capazes de sustentar a retomada.

Histórico

Comparando com o segundo trimestre do ano passado, época em que a pandemia mais impactou negativamente na economia nacional, o PIB da construção civil teve um aumento de 13,1%. O crescimento foi fortalecido pela maior quantidade de trabalhadores ocupados no setor e pela ampliação na produção dos insumos típicos, o que levou a um resultado positivo depois de cinco trimestres de quedas consecutivas, de acordo com o IBGE.

Na comparação do acumulado dos quatro últimos trimestres com os quatro trimestres anteriores, houve queda de 0,7% no PIB da construção.

Mercado imobiliário

No segundo trimestre de 2021, as atividades imobiliárias tiveram crescimento de 0,4% em relação aos números dos três primeiros meses do ano. Quando comparados com os dados registrados no segundo trimestre de 2020, o aumento foi de 3,5%. Por fim, analisando os quatro últimos trimestres com os quatro trimestres anteriores, o avanço foi de 3,4%.

Outros dados

Ainda de acordo com o IBGE, a taxa de investimento no segundo trimestre de 2021 foi de 18,2% do PIB, acima do observado no mesmo período do ano anterior (15,1%). Já a Capacidade de Financiamento alcançou R$ 81,4 bilhões ante R$ 35,7 bilhões no segundo trimestre de 2020. O aumento é explicado, principalmente, pelo crescimento no montante de R$ 55,1 bilhões no saldo externo de bens e serviços.

Fonte: AECWeb
Posted in: Notícia

MA Frota © Todos os direitos reservados.2018

Powered by MaisNegócios

error: Conteúdo Protegido!